Home
Chefs de cozinha formado no Senac Acre representará o Estado no Enchefs Brasil

Chefs de cozinha formado no Senac Acre representará o Estado no Enchefs Brasil

Imprimir

Johnny conquistou a maior pontuação do concurso e vai disputar o Prêmio Dolmã no Piauí

Com uma releitura da base alimentar ribeirinha da Região Norte, Joniscley Rocha, chef formado no curso Técnico em Cozinha no Senac Acre, foi o vencedor da edição 2019 do Enchefs Acre. O concurso, que reuniu outros quatro competidores, aconteceu na quinta, 13, no laboratório de gastronomia do Senac, e a vitória estadual garantiu ao profissional, uma vaga para a disputa do Prêmio Dolmã, considerado o Oscar da gastronomia.

O chef Johnny, como é conhecido, disse ter ficado surpreso com a vitória. “A primeira sensação que tive foi de surpresa, pois não esperava levar esse título já que se trata de uma competição estadual de alto nível. Todos os concorrentes são extremamente talentosos, e cada um com certeza deve ter dado o seu melhor na hora da execução dos pratos. Depois, vem uma sensação de euforia, pois fiquei muito feliz e muito contente com o resultado. Querendo ou não, era aquilo que esperava, você compete para ganhar. E finalmente vem a sensação de dever cumprido”.

O vencedor explicou que se dedicou bastante na escolha do prato. “Basicamente meu prato foi uma releitura da culinária ribeirinha, uma combinação de peixe com açaí e, para agregar mais sabor no prato, usei a banana da terra, aqui conhecida como a banana comprida. A proteína no caso foi o pirarucu, peixe da região. Enfim, foi um prato estudado e estou muito orgulhoso do resultado e aguardando os novos desafios”.

Diocleciano Brito, coordenador estadual do Enchefs, esclareceu que o vencedor dessa etapa se junta a mais dois outros candidatos acreanos para disputador o Dolmã. “Três irão representar o Acre, o vencedor do Enchefs local, o candidato indicado pelo embaixador acreano (chef Rozevaldo Souza) e a indicação dos internautas. Esses três estão com vaga garantida para ir para Teresina no Piauí em março de 2020 para saber quem é dos três que vai ser o ganhador do prêmio Dolmã e, durante 2020 e 2021, ele ser denominado embaixador da gastronomia brasileira na categoria estadual”.

Além da premiação do cozinheiro que fez a melhor prato, a programação também contou com palestra sobre boas práticas de manipulação de alimentos. “Se você não tiver segurança do que você está fabricando, pode ter um acometimento de surto de DTAs (doença de transmissão alimentar). E na palestra abordamos a contaminação cruzada, como fazer a higienização correta das mãos, o que tem dentro do fluxo de manipulação e o que precisa ser cumprido para fazer assepsia dos alimentos, os cortes das carnes. Ou seja, tudo sobre a manipulação de alimentos”, finalizou Aline Feltrin palestrante no Enchefs 2019.

Confira mais imagens do Enchefs 2019