Home
Controle de Infecção Hospitalar foi tema de palestra no Senac

Controle de Infecção Hospitalar foi tema de palestra no Senac

Imprimir
Alunos do curso Técnico em Enfermagem do Senac participaram de uma palestra no dia 28 de fevereiro com integrantes da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do HUERB para conhecer detalhes sobre a biossegurança no ambiente hospitalar.

As palestrantes, a enfermeira Sandra Valéria de Oliveira Firmino e a técnica em enfermagem Clara Elizabeth, fazem parte da equipe da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (HUERB), abordaram situações como acidentes de trabalho, riscos de infecção hospitalar, cuidados para minimizar os riscos, técnicas para evitar contaminações e contágios de doenças.

São técnicas e práticas de rotina que visam reduzir os riscos de contaminação para os pacientes e para os profissionais. De acordo com as profissionais, pequenos detalhes podem salvar muitas vidas. São ações como por exemplo pausar as atividades para lavar as mãos por 30 segundos seguindo o método correto.

Durante toda a formação no curso técnico, os alunos de Enfermagem além das aulas e ações extensivas, os alunos participam do estágio supervisionado nas Unidades de Saúde (Básicas e Hospitalares). Para que a atuação dos técnicos em enfermagem em formação seja eficiente, a supervisora de Saúde do Senac, Aline Camila Neves Lopes, promove condições que auxiliam a aprendizagem e desenvolvimento de habilidades dos alunos. “O Senac sempre buscou estreitar laços com as Unidades de Saúde, pois sempre as enxergou como algo para além de uma parceria, mas como uma escola prática da vida real, que aproxima o aluno da realidade e das condições em que vivem os pacientes, assistidos pelos profissionais de saúde”, explica a supervisora.

A grade curricular contempla os conteúdos que desenvolvem as competências e habilidades para a formação profissional, mas a questão da biossegurança extrapola o currículo. “São detalhes que envolvem higiene, lavagem das mãos, uso de adornos no plantão e os cuidados e atenção com os destinos corretos dos lixos hospitalares e infectados, visando sempre a qualidade da assistência prestada minimizando os riscos ao paciente. Com pequenos cuidados que evitam a exposição dos pacientes às infecções hospitalares, por exemplo”, alerta Aline.

Na palestra os estudantes conheceram também os fluxos do Hospital e com isso compreenderam a ligação entre os assuntos trabalhados em sala de aula e a prática hospitalar.  Cerca de 100 alunos participaram da ação que foi realizada no auditório da unidade Centro de Educação Profissional do Senac, na Rua Alvorada em Rio Branco.