Home
Senac Acre inicia aulas online para mais de 600 alunos de cursos técnico

Senac Acre inicia aulas online para mais de 600 alunos de cursos técnico

Imprimir

Aulas nesta modalidade acontecerão enquanto durar o período de isolamento social

As medidas de isolamento social estabelecidas para não propagação do coronavírus, impossibilitou que os alunos dessem continuidade em suas formações profissionais de forma presencial. Buscando minimizar esses impactos, o Senac Acre, através do Projeto Atividades Interativas, iniciou na noite de quarta-feira, 7, suas primeiras aulas na modalidade de Educação a Distância (EaD) para os alunos do curso de habilitação técnica. A alternativa será utilizada enquanto perdurar a pandemia no Estado e, ao, todo 637 alunos de 31 turmas de cursos técnicos das unidades do Senac de Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Brasiléia e Feijó darão continuidade no ensino, por meios virtuais.

Dessas turmas, 10 já iniciaram suas aulas nesta quarta em parceria com o Senac Rio Grande do Sul, através de sua plataforma de ensino a distância; 21 turmas iniciarão na segunda-feira, 13, através da ferramenta digital Microsoft Team.

O gerente de Desenvolvimento e Tecnologia Educacional do Senac Acre, Hildo Almeida, explicou que desde o início das suspensões das aulas, a instituição estuda as melhores soluções e ferramentas para dar continuidade ao processo de ensino e aprendizagem dos alunos.

“Decidimos há duas semanas não interromper totalmente as aulas dos nossos alunos; desde então, a nossa equipe vem organizando a implementação dessas ferramentas. Começamos com uma pesquisa, e 98% dos nossos alunos foram favoráveis à execução das atividades de maneira interativa”, explicou Almeida.

O gerente acrescentou que a carga horária das unidades curriculares será respeitada e que a parte prática desses cursos serão desenvolvidas assim que as atividades do Senac Acre voltarem ao normal. “Alguns títulos não são possíveis de se trabalhar totalmente à distância, porém quando retornarmos as atividades normais, executaremos estas aulas práticas para assim concluirmos as unidades curriculares”.

Em 18 de março, o Ministério da Educação publicou a Portaria nº 343, que autoriza “em caráter excepcional” a substituição de aulas presenciais por aulas na modalidade EAD para cursos que estavam em andamento.