Home
Senac assina acordo de cooperação para qualificação profissional de adolescentes em situação de vulnerabilidade social

Senac assina acordo de cooperação para qualificação profissional de adolescentes em situação de vulnerabilidade social

Imprimir
Na terça-feira (19) representantes do Senac, Senai, Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Tribunal de Justiça do Estado do Acre, Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) e governos municipal e estadual formaram uma parceria para desenvolver o projeto “Se a vida ensina, eu sou aprendiz”. A proposta desta ação conjunta é encaminhar jovens que estão em situação de vulnerabilidade social para cursos de formação profissional e então inseri-los no mercado de trabalho.

Cada instituição tem a sua participação definida a partir da própria atuação. As escolas de educação profissional, como o Senac e o Senai, têm como responsabilidade a oferta de cursos para a formação e desenvolvimento das pessoas. Na proposta serão atendidos jovens do sistema socioeducativo do Estado do Acre e da cidade de Rio Branco, adolescentes vítimas de trabalho infantil e análogo à escravidão.

No Senac a oferta de cursos para pessoas que estão sob a tutela do estado já ocorreu no passado por meio de parcerias pontuais. A Diretora Regional do Senac, Hirlete Meireles Pinto explica como é uma experiência gratificante e valiosa, ‘participar desse acordo é uma satisfação muito grande. Nós, por meio do Senac, já fizemos ofertas de cursos para pessoas que estavam no sistema penitenciário. E a partir dessa experiência a gente percebe o quanto é importante a educação. É uma possibilidade de transformação na vida dessa pessoa que hoje está lá, cumprindo a pena que lhe foi determinada, mas que vai retomar a sua vida na sociedade. ’

No acordo firmado esta semana os órgãos de justiça fazem a triagem e a mediação para direcionar os jovens e as empresas para o Programa Jovem Aprendiz. A Lei da Aprendizagem Comercial (Programa Jovem Aprendiz) foi instituída pela Lei nº 5598 de 1º de dezembro de 2005, e tem como objetivo promover a inclusão social e profissional, oferecendo formação técnico profissional aos estudantes.

No Programa Jovem Aprendiz do Senac as empresas organizam as turmas contratam e matriculam os jovens. Para participar do programa o/a jovem aprendiz deverá ter entre 14 e 24 anos. para saber mais acesse: http://www.dn.senac.br/educacao-profissional/programa-de-aprendizagem  ou entre em contato pelo telefone: 68 3213 3000.

Foto: Sérgio Vale/SecomAC

(Foto: Sérgio Vale/SecomAC)